sexta-feira, 27 de março de 2015

Bolo de iogurte


Por ser tão fácil e rápido de fazer, o bolo de iogurte é o bolo que mais vezes faço em casa.

O iogurte pode ser qualquer um da vossa preferência: natural, com aromas, com pedaços, o que preferirem.

Ingrendientes:

1 iogurte
4 ovos
1 medida* de óleo
3 medidas* de de açúcar
3 medidas* de farinha
1 colher de chá de fermento

*usei o copo do iogurte como medida


Modo de preparação:

- Bater os ovos e o açúcar com uma vara de arames até ficar cremoso.
- Juntar o iogurte e o óleo e misturar bem.
- Adicionar a farinha e o fermento e misturar até a massa ficar homogénea.
- Colocar numa forma untada ( eu tenho usado óleo em spray).
- Levar ao forno pré-aquecido a 180ºc , cerca de 20 minutos.


Alternativas às natas


O D. tem uma certa intolerância à lactose pelo que, vou procurando sempre alternativas às natas. 
Para além das natas de soja, ultimamente experimentei dois outros tipos de creme culinário que gostei bastante.

O creme culinário de arroz da Alpro achei óptimo. Uma alternativa muito leve às natas comuns. Utilizei na Torta de espinafres com salmão e cogumelos.

Ontem ao almoço, experimentei creme culinário de aveia Oatly!, no Strogonoff de Legumes

 Em termos de sabor não achei muito diferente dos cremes culinários da Alpro. Este tem a vantagem de ser uns cêntimos mais barato e de produção biológica.

quinta-feira, 26 de março de 2015

Rissóis de delícias do mar - receita Yämmi



Ingredientes 

Massa:
250g farinha
200ml de água
25ml de azeite
20g de manteiga
1 pitada de sal

(Só depois de fazer o recheio é que percebi que era demasiado para a massa, pelo que tive de fazer duas doses desta receita. Não sendo uma massa muito volumosa nem pesada, creio que dará para dobrar a receita e fazer logo toda de uma vez.)

Recheio:
60g de cebola
2 dentes de alho
1 cubo de caldo de marisco
4 colheres de sopa de polpa de tomate
250g de delícias do mar descongeladas
10cl de leite

Para panar os rissóis:
3 ovos batidos
Pão ralado


Modo de preparação

Massa:
- Colocar a água, a manteiga, o azeite e a pitada de sal no copo e programar 4 minutos, velocidade 1 a 100ºc.
- Juntar a farinha e programar 2 minutos, velocidade 3 a 100ºc.
- Deixar a massa arrefecer antes de estender com o rolo da massa.

Recheio:
- Utilizar a lâmina de mistura.
- Colocar os dentes de alho e a cebola no copo e carregar 2 vezes no turbo, para que a cebola e o alho fiquem grosseiramente picados.
- Adicionar um fio de azeite e programar 2 minutos, velocidade 2 a 100ºc.
- Juntar 4 colheres de sopa de polpa de tomate, as delícias do mar cortadas ao meio, o caldo de marisco e o leite. Programar 4 minutos, velocidade 2 a 90ºc.

O recheio deverá ficar cremoso. Caso fique demasiado liquido deverá voltar a programar mais 2 minutos na velocidade 2 a 90ºc e ir adicionando farinha pela abertura do copo até ficar com boa consistência.


Depois do recheio e da massa estarem frios, é só montar os rissóis.
Para isso bastar estender a massa com o rolo, numa superfície polvilhada com farinha e cortar em círculos, com a ajuda de um copo.
Colocar uma ou duas colheres de recheio no centro da massa e fechar cuidadosamente.
Passar pelo ovo batido e de seguida pelo pão ralado.

Eu fritei os meus rissóis no cesto de snacks da Actifry, apenas com umas borrifadelas de óleo.

Esta receita rendeu 20 rissóis grandes.

quarta-feira, 25 de março de 2015

Empadão de couve-flor e alheira - receita Yämmi


Ingredientes:

600g de couve-flor
100ml de leite
200ml de água
50g de manteiga
sal
pimenta
2 colheres de sopa de margarina
2 alheiras
queijo ralado para polvilhar


Modo de preparação:

- Colocar o misturador e a lâmina de corte no copo da Yämmi.
- Adicionar a couve-flor cortada em pedaços e pressionar uma ou duas vezes no turbo para que fique grosseiramente picada.
- Adicionar a água e programar 20 minutos a 90ºc, velocidade 1.
- Juntar o leite, a manteiga e temperar com sal e pimenta. Programar 1 minuto à velocidade 4.
- Programar 5 minutos, velocidade 2 a 90ºc e ir adicionando pela abertura do copo a farinha, até que o puré fique com uma boa consistência (cerca de 20/30g será o suficiente).
- Cortar as pontas das alheiras e dar uns 6 golpes ou picar com o garfo.
- Colocar as alheiras no microondas, cerca de 2 minutos.
- Retirar a pele das alheiras.
- Numa frigideira derreter a margarina e fritar o recheio das alheiras cerca de 1 ou 2 minutos.
- Numa travessa, colocar metade do puré de couve-flor, o recheio das alheiras e cobrir com o restante puré.
- Polvilhar com queijo ( eu usei um queijo fundido ralado fino, que comprei no Lidl e que em vez de derreter fica crocante).
- Levar a gratinar ao forno pré-aquecido a 180ºc.


Re-food


Este ano comecei a fazer trabalho voluntário no Re-food.
Já conhecia o projecto há algum tempo, mas foi a abertura de um núcleo perto da minha casa que me fez decidir inscrever como voluntária.
O Re-food é uma organização que serve de ponte entre os locais onde há excesso de comida, que iria inevitavelmente para o lixo, e famílias carenciadas.
Praticamente todos os restaurantes, cafés, pastelarias, supermercados, cantinas, chegam ao final do dia, com sobras de comida (sopa e prato do dia, pão, bolos, fruta madura, produtos a chegar ao fim do prazo de validade, etc) cujo destino seria o lixo, embora seja comida em perfeitas condições.
O Re-food encarrega-se de recolher esta comida e fazê-la chegar às famílias que necessitam.

Para ser voluntário basta informarem-se no núcleo mais perto da vossa casa , já existem alguns espalhados não só por Lisboa mas também pelo resto do país. 
Duas horas por semana é tudo o que precisam para contribuir para este projecto.

https://www.facebook.com/refoodportugal?fref=ts

terça-feira, 24 de março de 2015

Massa gratinada com atum, fiambre e cogumelos


Em 2009 dei início ao  blog "Em busca do cardamomo perdido", o mesmo ano em que eu e o D. fomos morar juntos. Até então pouco mais sabia fazer na cozinha do que massa com atum, bacon, natas, queijo ou fiambre.
Foi a vontade de aprender a cozinhar e conhecer novos ingredientes e receitas que me levou a criar este blog. 
Desde então que a cozinha passou a ser uma paixão e nunca deixei de procurar por novos ingredientes, novas técnicas e novas receitas. Procuro sempre reinventar as nossas refeições e tentar torná-las mais saudáveis e interessantes.

No entanto, por vezes apetece o tal prato simples de massa com atum e natas. Foi o nosso almoço hoje, em jeito de comida de conforto e .... preguiça!



Ingredientes:

1 lata de atum
300g de massa curta ( eu usei restos de massa que tinha na despensa: laços, macarrão e fusilli)
200g de fiambre de perú 
1 pacote de natas
200g de queijo mozzarella ralado
200g de cogumelos frescos laminados
2 colheres de sopa de margarina
azeite
sal e pimenta


Modo de preparação:

- Cozinhar a massa com um fio de azeite e uma pitada de sal, até ficar al dente.
- Numa frigideira, derreter a margarina e juntar o fiambre cortado em tiras, os cogumelos e o atum bem escorrido.
- Envolver bem o atum, os cogumelos e o fiambre com a massa e metade do queijo.
-Rectificar o tempero com sal e pimenta.
- Colocar numa travessa, regar com as natas e cobrir com o restante queijo.
- Levar ao forno pré-aquecido a 180ºc, até ficar bem gratinado.






Waffles


Ingredientes:

250ml de leite
1 ovo
1 colher de sopa de óleo
150g de farinha
1 colher de chá de fermento
1 pitada de sal
1 colher de sopa de açúcar



Modo de preparação:

- Misturar bem o ovo, o leite e o óleo com uma vara de arames.
- Adicionar o açúcar e mexer bem.
- Ir adicionando a farinha e o fermento à massa até que fique homogénea e sem grumos.
- Untar as placas da máquina de Waffles com manteiga ou óleo (eu uso óleo em spray) e despejar a quantidade de massa adequada (na minha máquina utilizo duas colheres grandes).
- Deixar cozinhar até estarem douradas.


Eu gosto de servir com morangos, canela e mel.