quinta-feira, 9 de julho de 2015

Trufas de tâmaras e cacau

Muitos dos blogues que acompanho têm publicado receitas de trufas energéticas com um aspecto tãooo delicioso que tinha mesmo de experimentar!


Mesmo sem açúcar, não deixam mesmo nada a desejar em relação às trufas de chocolate originais. 

É óptimo para ter no frigorífico, para aquelas alturas em que apetece mesmo algo doce. Estas trufas são ricas em termos de sabor que, com apenas uma vão ficar satisfeitos!





Ingredientes: 

100g de pasta de tâmaras (ou o equivalente em tâmaras descaroçadas)
80g de coco ralado

2 c.sopa bem cheias de manteiga de amendoim
2 c.sopa de cacau magro em pó (também podem usar cacau crú)
50g de mistura de frutos secos grosseiramente picados (usei amêndoas e caju)
1 c.sopa de óleo de coco


Para as coberturas usei:

Cacau magro em pó
Bagas de Goji trituradas
Coco ralado


Modo de preparação:

- Num processador de comida colocar a pasta de tâmaras, o coco , a manteiga de amendoim e o óleo de coco. Picar até obter uma pasta homogénea.
- Juntar a manteiga de amendoim e envolver bem.
- Moldar bolinhas com cerca de 20g cada. Se necessário juntar 2 ou 3 colheres de sopa de água para que a mistura fique mais moldável.
- Passar as bolinhas pelas coberturas.
- Levar ao frigorífico.

Esta receita rendeu 14 trufas com cerca de 20g cada.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Arroz doce... cor-de-rosa - receita Yämmi


Embora seja uma sobremesa muito tradicional e que até gosto, só tinha feito arroz doce uma vez na vida e há muitos anos. A experiência do que me lembro foi péssima... arroz crú e tiras de gema cozida.

Decidi voltar a experimentar, desta vez com a preciosa ajuda da Yämmi. Descobri tarde demais que só tinha um ovo no frigorífico. Decidi trocar as gemas por farinha custard. Como tinha a farinha custard de morango para experimentar, arrisquei! E voilá... um belíssimo arroz doce.... cor-de-rosa!!!



Como foi para testar fiz uma pequena quantidade. Rende apenas umas 3 ou 4 taças pequenas.


Ingredientes:

500ml leite
75g de arroz (usei risotto)
1 casca de limão
1 pau de canela
1 pitada de sal
50g de açúcar
4 c.sopa de farinha custard de morango


Modo de preparação:

- Colocar a lâmina de mistura.
- Adicionar o leite, o arroz, a casca de limão, o pau de canela e a pitada de sal. Programar 45 minutos, 90ºc à velocidade 1.
- Dissolver numa taça à parte, a farinha custard e o açúcar num pouco de leite.
- Juntar a mistura ao arroz e programar 10 minutos, 90ºc à velocidade 1.
- Distribuir por taças e levar ao frigorífico.

terça-feira, 7 de julho de 2015

GRADIRRIPAS



Colheres de pau e tábuas de madeira são sem dúvida acessórios que não dispenso na minha cozinha.

Quer os refogados, quer os bolos, sabem-me sempre muito melhor quando os faço com a colher de pau. Talvez por isso na minha cozinha não exista uma única colher para cozinhar de silicone ou melamina. Curioso que haja tanta gente com a mesma opinião como se comentou no post da Cozinha sem segredos sobre as colheres de pau

Da mesma maneira que não dispenso as colheres de pau, também não dispenso as tábuas de madeira. Mais do que usá-las para cortar alimentos, gosto mesmo é de as usar para servir petiscos. 

Há uns largos meses, o Jamie Oliver foi ao Masterchef Australia e levou uma tábua bem recheada de petiscos. Estas tábuas dele são sempre super bem recheadas e com um aspecto delicioso.
Vim a saber pouco mais tarde que, estas tábuas que ele usa são produzidas em Portugal pela Gradirripas! 

"Gradirripas, Lda. é uma empresa familiar, propriedade da família Violante, oriunda de

Pernes, concelho de Santarém, situada bem no centro do país. Com ligações ao sector há 

já dois séculos, os actuais proprietários fazem parte da quinta geração de uma família 

tradicionalmente ligada à produção de artigos em madeira. Um saber que remonta aos 

finais do século XIX, quando Manuel dos Santos Violante trabalhava a madeira como 

uma verdadeira arte. 

A sociedade com a actual designação de Gradirripas – Artigos em madeira Lda., foi 

constituída em 2006 e dedica-se, sobretudo, ao fabrico de tábuas de corte e de mesa, e 

de outros utensílios para cozinha, bem como embalagens em madeira para vinhos e 

produtos gourmet. 

A madeira utilizada no fabrico dos artigos provém, essencialmente, de pinhais da região 

centro de Portugal, adquirida a produtores que asseguram a sustentabilidade das 

florestas. Para tal, são feitas novas plantações em substituição das árvores abatidas para 

a indústria. 

A Gradirripas só adquire madeira a fornecedores devidamente legalizados, sujeitos a 

fiscalizações periódicas no que respeita à origem da madeira e ao controlo do nemátodo 

do pinheiro. A madeira é sujeita a secagem em estufa, onde permanece o tempo 

necessário para garantir um produto de qualidade, isento de humidades e do vírus do 

nemátodo, que tem atingido as florestas portuguesas. A madeira trabalhada pela 

Gradirripas é devidamente identificada através do passaporte fitossanitário, que 

acompanha cada lote de matéria-prima adquirido. 

A Gradirripas conta actualmente com 12 colaboradores experientes, especializados nas 

diferentes fases do trabalho da madeira. A qualidade do produto final é reconhecida no 

mercado nacional e internacional, em particular no Reino Unido, Holanda, Estados 

Unidos da América, Canadá e Suécia. "


Podem conhecer toda a gama de artigos no site ou na página do facebook.

Resta-me agradecer à Gradirripas pela enorme simpatia e pelo envio dos seus produtos fabulosos!
Vale a pena conhecer!





segunda-feira, 6 de julho de 2015

Iogurtes de gelatina de ananás - receita Yämmi



Ingredientes: 

1 saqueta de gelatina (usei com sabor a ananás)
1L leite
30g de açúcar mascavado
40g leite em pó
1 iogurte natural

Modo de preparação:

- Colocar todos os ingredientes no copo e programar 7 minutos, velocidade 3 a 50ºc.
- Distribuir a mistura pelos copos de iogurte.
- Colocar os copos na iogurteira sem as tampas cerca de 8 a 9 horas.
- Tapar os copos e levar o frigorífico.

Ao fim de 9 horas os iogurtes já estavam totalmente sólidos e sem qualquer divisão de fases. 

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Dia de repôr stock


Hoje foi dia de repôr stock no Popat Store, Lda.​

Fruta desidratada (kiwi, papaia e gengibre), sementes de chia, malaguetas, frutos secos e os melhores aperitivos do mundo feitos à base de farinha de grão.

terça-feira, 23 de junho de 2015

Tiras de pota panadas - receita Actify


Ingredientes:

500g de tiras de pota descongeladas
limão
sal
pimenta
alho em pó
farinha
azeite

Modo de preparação:

- Temperar as tiras de pota com limão, sal, pimenta e alho em pó. Deixar a marinar pelo menos um hora.
- Passar as tiras de pota por farinha.
- Borrifar o cesto da actifry com azeite e colocar as tiras de pota. Voltar a borrifar com azeite.
- Programar 25 a 30 minutos. A meio do tempo borrifar com azeite novamente.

Caso não tenha cesto de snacks para a Actifry, pode fazer também na cuba sem a pá colocada.



quinta-feira, 18 de junho de 2015

Popsicles de morango - sem lactose



Ingredientes:

1 iogurte de soja de morango
Leite de amêndoa q.b.
4 morangos finamente cortados


Modo de preparação:

- Colocar o iogurte num copo e juntar leite de amêndoa até prefazer quase toda quantidade necessária para preencher as formas de gelado.
- Misturar com a varinha mágica.
- Distribuir a mistura pela formas de gelado e juntar um morango cortado por forma.
- Levar ao congelador pelo menos 4h.