sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Queijo Brie Panado


Geralmente à Sexta-feira, trocamos o jantar por um petisco e uma boa garrafa de vinho. Hoje experimentei panar queijo brie. Ficou óptimo e é muito rápido e simples de fazer.

Ingredientes:
- queijo brie
- 1 ovo batido
- pão ralado com alho e ervas aromáticas
- manteiga


Modo de preparação:
- Cortar o queijo em fatias não muito finas (cerca de 1cm de espessura)
- Passar as fatias de queijo pelo ovo batido e de seguida pelo pão ralado
- Fritar as fatias de queijo em manteiga, até alourarem dos dois lados.









terça-feira, 26 de agosto de 2014

Alho Francês à Brás na Yammi

O Alho Francês à Brás é um óptimo prato para trazer para almoçar no trabalho, nem precisa de ser aquecido.

A receita original é esta : embuscadocardamomoperdido.blogspot.pt/2010/04/alho-frances-bras.html

Com a aquisição da Yammi, adaptei a receita. Aqui fica:



Ingredientes:

5 alhos franceses (só a parte branca)
azeite
250g batata palha
4 ovos
sal e pimenta
salsa picada

Modo de preparação:

Cortar os alhos franceses em rodelas finas. No copo colocar azeite e os alhos franceses , programar 15 minutos na temperatura máxima a velocidade 2.
Juntar as batatas e programar mais 10 minutos, também na temperatura máxima e velocidade 2. A meio do tempo programado juntar os ovos batidos, o sal, a pimenta e a salsa picada.


sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Bolo de cenoura

Esta é uma receita do livro da Yammi mas que pode ser facilmente realizada sem o robot. 





Hoje para o almoço fiz sumo de cenoura ( 4 cenouras grandes ) e uma lima. Depois de coar o sumo sobrou imensa polpa, cerca de 500g. Como não a queria desperdiçar decidi aproveitá-la para fazer bolo de cenoura. Ficou óptimo. É um bolo pouco doce pelo que combina da perfeição com uma cobertura de chocolate. 

Ingredientes:
250g de cenoura (eu utilizei 500g de polpa resultante do sumo de 4 cenouras e 1 lima)
300g de açúcar
4 ovos
120ml de óleo (utilizei 100ml)
200g de farinha (como utilizei 500g de polpa e a massa ficou bastante líquida adicionei mais 100g de farinha)
1 colher de chá de fermento em pó
manteiga para untar

Modo de preparação:
Colocar o açúcar no copo e pulverizar (30segundos a velocidade 9). 
Juntar a cenoura descascada e cortada em pedaços e programar 20 segundos na velocidade 6.
Com a ajuda da espátula baixar a mistura que ficou acumulada nas paredes do copo e inserir o misturador sobre a lâmina. Adicionar os ovos e programar 5 minutos a velocidade 4.
Nos últimos 20 segundos do tempo programado anteriormente, juntar o óleo em fio. 
Incorporar a farinha e o fermento e envolver 20 segundos na velocidade 4.
Verter a massa para a forma untada e polvilhada com farinhas e levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 25 a 30 minutos.


quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Batata doce assada com ervas aromáticas





Ingredientes:

batata doce
sal grosso
azeite
mistura de ervas aromáticas oregãos, alecrim , tomilho

Modo de preparação:

Cortar a batata doce em palitos. Regar com um fio de azeite e polvilhar com sal e as ervas aromáticas.
Vai ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 25 minutos.





quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Batido verde

Há algum tempo que em sites de nutrição e blogs, não se fala de outra coisa que não os batidos verdes. Sentido alguma falta de verduras e fruta na minha alimentação, decidi que esta seria uma boa forma de os consumir todos os dias, mesmo que em pequena quantidade.



Visualmente podem parecer um bocado estranhos, mas em termos de sabor são bastante leves e fáceis de beber.

Procurei na internet várias "fórmulas" e é esta que tenho seguido:

- Verduras (até dois tipos): espinafres, agrião, couve, rúcula,salsa, alface, etc.
- Fruta (até 2 tipos): maçã, melão, ameixa, damasco seco, pêssego, frutos vermelhos, sumo de laranja, etc.
-Legumes (até dois tipos): abóbora, aipo, pepino, etc.
- Sementes (até 1 tipo) : linhaça, chia, maca, etc.
- Raízes (até 1 tipo): cenoura, beterraba, inhame, etc.

Finalizar com água, chá verde, leites vegetais (soja, amêndoa, côco).


No fim junto sempre alguma hortelã fresca ou seca para dar um sabor fresco ao batido.

Os meus batidos geralmente são de espinafres (que tenho sempre em casa), maçã e morango, linhaça ou spirulina em pó, cenoura, água ou água de côco e hortelã. O sabor predominante é sem dúvida a maçã e a hortelã.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014


Embora esteja pouco activa aqui no blog, esta é a quarta que conseguimos levar todas as refeições de casa: pequeno-almoço, almoço e lanche.


O truque é o planeamento! Tento planear as refeições e os ingredientes que precisarei de comprar. Não o sigo à risca, pois acabam por haver sempre sobras e pratos para reaproveitar.



O que me vai dando motivação continua a ser a descoberta de novos sabores. Aproveito o facto de ter um supermercado de produtos biológicos perto do local de trabalho para ir introduzindo novos ingredientes na nossa alimentação.

Neste tipo de supermercado sou uma autêntica newbie, para mim é quase tudo novidade!!!
Desta vez trouxe cenouras biológicas, rebentos de beterraba, leite de arroz e amêndoa ( para tentar variar o leite de soja que o D. bebe) , gnocchi com alho e manjericão e Spirulina para introduzir nos batidos verdes matinais.


http://www.biomiosotis.com/




segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Cabaz biológico


Pela primeira vez encomendei um cabaz biológico e já estou fã! Vai passar a ser rotina cá em casa.

Os vegetais e a fruta são super frescos e com muito bom aspecto! 

Para além das vantagens associadas à agricultura biológica, acho interessante receber um cabaz com legumes ou frutas que normalmente não compraria e por isso acabo por diversificar mais a nossa alimentação e ter em mãos desafios para novas receitas com novos ingredientes.

Como somos só dois cá em casa, optei por um cabaz de 6 kg que provavelmente dará para duas semanas.
Optei por um cabaz do Recanto D'Arrábida pois tem um ponto de entrega perto da minha casa.

O cabaz era composto por:

-batatas
-batata doce
-cenouras baby com rama
-abóbora butternut
-alface
-couve portuguesa
-couve lombardo
-alho francês
-espinafre selvagem
-laranjas
-tangerinas
-salsa
-coentros



O cabaz de 6 Kg fica por 15,00 euros. Não acho que seja significativamente mais caro do que comprar no supermercado, sobretudo se consideramos a qualidade.