quinta-feira, 30 de junho de 2016

Mousse de manga com quark - um post em parceira com a nutricionista Diana Ferreira

Foi em 2009 que criei este blog, na mesma altura em que eu e D. fomos viver juntos e que comecei a cozinhar. A ideia do blog era motivar-me nesse novo mundo da culinária.
Comecei também nessa altura a minha vasta colecção de livros e revistas de culinária.

No outro dia, estávamos em arrumações e decidi dar uma vista de olhos à pilha de revistas de culinária, em busca de receitas e ideias. Cheguei a uma conclusão muito interessante, de 2009 para cá que os nossos hábitos alimentares melhoraram bastante.

As revistas mais antigas estão cheias de receitas que hoje jamais as faria: cheias de cremes, margarinas, sal , açúcares, maioneses e com pouca diversidade de ingredientes. Numa altura também em que os supermercados ainda não tinham cardamomo nas prateleiras (daí o nome deste blog :D ), que muitos ingredientes ainda estavam restritos a lojas muito específicas de produtos naturais, que ainda ninguém sabia o que eram sementes de sésamo, linhaça ou chia, as frutas e legumes eram os do costume, sem batata roxa ou couve romanesca, a batata doce só aparecia no Outono, os leites vegetais tinham preços proibitivos e ainda ninguém se importava com a quantidade de açúcares e gorduras que estávamos a consumir.

Foi então que as coisas começaram a mudar, aprendemos a ler os rótulos dos alimentos e descobrimos que aquele sumo natural super saudável, que os nossos cereais da manhã, que a carne picada  e muitos outros alimentos do dia-a-dia afinal estavam carregadinhos de açúcar. Foi também nessa altura que começou a grande febre dos batidos verdes e afins. Começávamos assim a ter alguma preocupação com aquilo que comíamos todos os dias.

Cá por casa os nossos hábitos também mudaram bastante! Deixamos de consumir leite de origem animal ( hoje em dia já se consegue comprar leites vegetais ao preço do leite de vaca!), de comprar cereais (passei a fazer granola semanalmente), de adicionar açúcar o café ( o D. já abdicou totalmente do açúcar, eu ainda uso metade do pacote... shame on me), a consumir muito mais fruta e legumes, as refeições pré-feitas muitooo raramente entram cá em casa e refrigerantes só em dia de festa.

O melhor de tudo é que hoje em dia é super fácil de encontrar toda uma gama de produtos saudáveis em qualquer supermercado. As marcas precisaram de se adaptar, o que é óptimo!
Actualmente temos uma preocupação com os hábitos alimentares muito maior!

É neste contexto que hoje vos trago um post um pouco diferente, feito em parceria com a nutricionista Diana Ferreira.

A receita que está abaixo é da autoria da Diana . Uma sugestão deliciosa, sem açúcares adicionados e 0% de gordura: Mousse de manga com quark.


Ingredientes:

450 g de manga
325g de quark ( entre 10 a 12 colheres de sopa ( coloquei 11 e meia). Pode também fazer com iogurte grego 0% gordura
1 saqueta e meia de gelatina em pó
2 claras de ovo.
Preparação:

- Piquei a manga aos cubos e passei com a varinha (faça na liquidificadora, fica mais cremosa)
- Bati as claras em castelo e deixei a repousar no frigorifico alguns minutos Enquanto misturei a manga com o quark. dissolvi 1 saqueta e meia de gelatina em colheres mornas de água num copinho à parte (em aproximadamente sete colheres de sopa de água morna - o fundinho de um copo até molhar todo o pó)
- Adicionei a gelatina líquida ao creme de manga enquanto mexia sempre.
- Por fim adicionei as claras e mexi cuidadosamente (Envolvi).

Nota: O açúcar se adicionar.. adicione meia colher de sopa de açúcar mascavado na mistura da manga com o quark e prove para verificar se está ao seu gosto. A quantidade de doçura adicionada depende muito da doçura da manga. Estas eram bem docinhas 🙂 não foi necessário adicionar doçura, por isso opte por mangas bem madurinhas. Rende 8 taças


Podem visitar a página da nutricionista Diana Ferreira no Facebook , acompanhar as dicas saudáveis e marcar a vossa consulta!


1 comentário:

  1. Às vezes é em pequenas coisas como pilhas de revistas que reparamos na mudança (seja nossa ou geral). É mesmo surpreendente, as coisas vão mudando aos poucos, de tal modo que não reparamos, mas quando olhamos para trás numa ocasião como essa e nos lembramos de como eram é difícil não ficarmos surpreendidas! :)
    Gosto muito de mousse de manga e esta receita tão simples captou-me a atenção :D

    ResponderEliminar