segunda-feira, 29 de maio de 2017

Finalmente o ruibarbo!


Quando eu e o D. fomos morar juntos, eu era um autêntico desastre na cozinha. Não gostava especialmente de cozinhar e os meus conhecimentos culinários restringiam-se a esparguete com natas e atum e macarrão com fiambre e queijo.
O blog serviu como desculpa para começar a variar mais na alimentação e essencialmente para me motivar.
Uma das primeiras receitas que fiz foi Ratatouille com especiarias do blog Elvira Bistrot. Com essa receita  ouvi falar pela primeira vez de cardamomo. Numa época pré moda do gin tónico, encontrar cardamomo não era fácil, de tal maneira que deu o nome a este blog.
Na verdade acabei por descobrir o cardamomo uma ou duas semanas depois num supermercado indiano onde ainda vou o hoje faço compras (o Popat Store no Martim Moniz).

A par do cardamomo, andava também à procura de Ruibarbo. Nos programas de culinária americanos ou australianos é comum usarem este ingrediente e eu claro, fiquei super curiosa para experimentar.
Ao contrário do cardamomo que encontrei com facilidade, o ruibarbo só HOJE o consegui comprar. Encontrei no E.leclerc a 5,45€/Kg. O ruibarbo bem que podia ter dado nome a este blog!!! Foi difícil de encontrar.

No E.leclerc encontrei também dois expositores da Prozis que me deixaram muitoooo contente! Aproveitei para trazer manteiga de amendoim. Para ser perfeito só falta alargarem às manteigas de caju e amêndoa!

Do Celeiro trouxe cacau magro em pó biológico.




2 comentários:

  1. Gosto muito das receitas da Elvira, minha conterrânea! E tenho pena que tenha deixado de publicar. Também eu ando em busca do ruibarbo perdido! Mas se por aí não é fácil, por aqui é quase impossível! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho pena que tenha deixado de publicar. Adorava o blog dela, tanto que acabei por criar o meu :) Se fosse mais fácil até te enviava o ruibarbo por correio :P mas acho que chegava em papa. xD

      Eliminar